Sete dias por semana sem medo da notícia!
Novembro Azul: câncer de próstata pode afetar fertilidade masculina
Foto: Pixabay / Pixabay

O câncer de próstata, segundo tumor mais comum entre os brasileiros, pode atingir 68.220 novos casos em todo o Brasil até o fim de 2019, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A doença pode acarretar infertilidade masculina devido a tratamentos como a rádio, hormônio e quimioterapia, pois afeta a próstata, responsável por produzir compostos importantes do líquido seminal que nutrem os espermatozoides.

Além da importância da detecção precoce do problema por meio das visitas regulares ao urologista para os homens a partir dos 40 anos, e do exame de toque retal para aumentar as chances de cura da doença, especialistas também alertam para a possibilidade de preservação da fertilidade em homens que ainda desejam ter filhos.

“Para os homens que precisam iniciar o tratamento oncológico e desejam ser pais futuramente, é necessária a realização da preservação da fertilidade, por meio do congelamento de amostras do sêmen nos laboratórios de criobiologia das clínicas de reprodução assistida, antes de que as seções de quimioterapia ou de radioterapia sejam iniciadas”, destaca o especialista em medicina reprodutiva e diretor da Fertibaby Ceará, Daniel Diógenes.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também