sete dias sem medo da notícia
Musical Aretê: Guerreiro Menino, da Fundação Fagner, fica em cartaz até novembro
Por : Redação CN7
16/10/17 13:47

A Fundação Raimundo Fagner apresenta, entre os meses de outubro e novembro, uma programação especial para o final de ano com música e teatro abordados de forma contemporânea e alegórica. O início da turnê traz para o público cearense o musical cênico Aretê: Guerreiro Menino, com estreia na próxima terça-feira (dia 17), às 15h, no espaço Morro do Ouro, anexo do Theatro José de Alencar, com entrada gratuita.

Depois o musical passa por outros palcos culturais de Fortaleza. No CUCA Mondubim, no dia 27, às 18h30, e em seguida, já no mês de novembro, encerra sua temporada nos dias 07 e 14 de novembro, às 18 horas, no espaço cultural do Sesc Emiliano Queiroz.

Aretê: Guerreiro Menino é um espetáculo cênico musical autoral da atriz e dramaturga Mariana Elani que aborda de maneira simples acontecimentos diários que a pessoa leva para o resto da vida. “Mostra situações pequenas e corriqueiras em questões éticas e de valores humanos que são postos em xeque, e o protagonista (Aretê) as observa e expõe seu ponto de vista que é de fato uma reflexão sobre ações que tomamos como simples, mas definem de fato aspectos da construção de nosso caráter”, acrescenta a dramaturga.

O espetáculo tem dez atores mirins no elenco com produção e músicos cearenses. A música na maioria autoral com letra e melodia da professora de teatro Mariana Elani e com pegada popular e lúdica do maestro Ezequiel Moreira que fez os arranjos, com exceção de Guerreiro Menino de Gonzaguinha, e Pedras que Cantam de Fagner, que fazem parte também do repertório. E Aretê tem como referência literária O Mágico de Oz e Alice no País das Maravilhas, além do audiovisual “Que luz é essa?” do saudoso cantor Raul Seixas.

LINKS PATROCINADOS