Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

MPCE e Semace constatam crimes ambientais provocados pelo SAAE de Sobral

Recomendação é para que o prefeito afaste o presidente do órgão

Gustavo Weyne

03/10/23 8:59

A Operação Curatio, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), com aval técnico da Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace), constataram crimes ambientais provocados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Sobral, ligado à Prefeitura do Município.

A operação, que em latim significa tratamento, teve o objetivo de inspecionar os empreendimentos destinados a captar e tratar os resíduos líquidos gerados na sede do Município de Sobral, sendo estes geridos pelo SAAE.

O MPCE recomentou ao prefeito Ivo Gomes que afaste o presidente do SAAE, Gustavo Weyne.

Em tempo

Segundo a Semace, foram cometidos “vários crimes ambientais, que direcionam para a aplicação das sanções administrativas cabíveis”.

Confira documentos

LINKS PATROCINADOS