Sete dias por semana sem medo da notícia!
MPCE defende Vanja Fontenele ao saber que filho da procuradora trabalha para Camilo
Lúcio Filho é responsável pela censura do conteúdo produzido por todas emissoras
Vanja Fontenele

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) divulgou nota pública, nesta terça-feira (11), após matéria do CN7 revelar que a chefe da Procap, Vanja Fontenele, tem um filho empregado em cargo de alta confiança no Governo Camilo Santana.

Veja matéria do CN7

Em tempo

O MPCE defende que Vanja e Lúcio Filho, responsável na comunicação de Camilo pela censura do conteúdo produzido por todas emissoras no Estado, continuem nos cargos que ocupam, sem que isso atrapalhe o trabalho de ambos.

Confira a nota do MPCE

À vista de indevidas e levianas insinuações veiculadas no portal Ceará News 7 sobre a atuação da procuradora de Justiça e coordenadora da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), Vanja Fontenele Pontes, face ao vínculo funcional de seu filho com o governo do Estado do Ceará, o Ministério Público do Ceará vem a público esclarecer o seguinte:

A Procap é órgão de execução delegada das atividades de prevenção e repressão dos crimes contra a administração pública e outros que lhe são conexos, praticados por agentes públicos que gozam de prerrogativa de foro perante o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará.

A Dra. Vanja Fontenele Pontes coordena uma equipe de promotores de Justiça e servidores do Ministério Público do Ceará que atua sempre pautada na retidão de caráter, na honradez, na altivez e na independência que lhe são próprios, os quais também são balizas da instituição ministerial. Prova disso é o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pela Procap, de reconhecimento público estadual e nacional.

A respeito do exercício profissional do filho da Dra. Vanja Fontenele Pontes, o jornalista Lúcio Filho, desde o dia 01/02/2012, presta serviços para o governo do estado do Ceará, portanto, muito antes da assunção de sua mãe nas funções de coordenadora da Procap, o que ocorreu em janeiro de 2016.

A inescrupulosidade de quem fez as levianas insinuações, propositadamente, desconsidera a atuação firme e independente do órgão que a Dra. Vanja Fontenele Pontes coordena, que já investigou e denunciou agentes públicos de diferentes legendas partidárias, inclusive com prisão e afastamento do cargo por eles ocupados, decretados pelo Poder Judiciário.

O Ministério Público do Estado do Ceará reconhece e enaltece o irretocável caráter, honradez, altivez e independência com que a Dra. Vanja Fontenele Pontes tem exercido as mais diversas funções na Instituição ao longo dos seus 35 anos de carreira.

Ao mesmo tempo, o MPCE repudia, com veemência, as insinuações mesquinhas, irresponsáveis e inconsequentes que tentam macular a honra da Dra. Vanja Fontenele Pontes, seguramente lançadas com propósito de pôr em dúvida as ações que vêm sendo desenvolvidas no combate à corrupção no Estado do Ceará.

Ministério Público do Estado do Ceará

Fortaleza, 11 de junho de 2019

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também