Sete dias por semana sem medo da notícia!
MPCE de Tauá quer bloqueio dos bens de Fred Rêgo por rombo superior a R$ 262 mil na prefeitura
Prefeito de Tauá, Fred Rêgo
Ouça a matéria

O promotor de Tauá Flávio Bezerra ingressou com Ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito Fred Rêgo, incluindo bloqueio de bens. A irregularidade denunciada pelo MPCE foi o pagamento de gratificações indevidas a 234 servidores comissionados do Município, provocando prejuízo superior a R$ 262 mil

MPCE identificou, por nome, todos os 234 funcionários que se beneficiaram dessa fraude. Mesmo com a orientação para suspender esse benefício , Fred Rêgo desconsiderou a determinação da promotoria de Tauá.

Fred Rêgo é acusado de pagamento de Gratificações Técnicos Relevantes ( GTRs) consideradas ilegais a ocupantes de cargos comissionados. Agora, essa ilegalidade deve ser investigada também como crime eleitoral, pois a vantagem pode vir a favorecer a sua reeleição.

Publicidade
Mais Lidas