Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

MPCE aponta que pai e filho executados no Eusébio não eram os alvos

Denúncia aponta que os executores foram contratados para matar outra pessoa

Foto: reprodução

15/05/24 9:26

O Ministério Público do Ceará (MPCE) apontou que o pai e filho executados no Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, não eram os alvos. Segundo a denúncia, os policiais militares que teriam cometido o crime foram contratados para matar um adolescente suspeito assaltar um estabelecimento comercial da região e teriam confundido a casa em que morava o alvo com a das vítimas assassinadas. Conforme o MPCE, o local é a poucos metros um do outro. O pai estava indo deixar o filho na escola. A informação foi divulgada pelo portal G1, nesta terça-feira (14).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

O crime aconteceu em agosto de 2023. Identificadas como Francisco Adriano da Silva, de 42 anos, e Francisco Gabriel da Silva, de 13 anos, as vítimas foram assassinadas dentro do carro.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

A denúncia aponta que os executores foram contratados para matar o assaltante de um estabelecimento comercial.

LINKS PATROCINADOS