sete dias sem medo da notícia
Dinheiro muito
MP investiga rombo no Fundo de Previdência dos Servidores de Juazeiro do Norte
Déficit teria sido construído desde a implantação do Prejivuno em 2007
Por : Redação CN7
02/04/19 5:49

O Ministério Público do Estado, através de uma Ação Civil Pública, aponta que o Previjuno (Fundo Municipal de Previdência Social dos Servidores de Juazeiro do Norte) tem um déficit atuarial que chega a R$ 595 milhões.

Segundo reportagem do Jornal do Cariri, o valor teria sido construído desde a implantação do Previjuno, em 2007, com sucessivos decretos que diminuíram o repasse patronal e suplementar. A gestora do Previjuno, Maria das Graças, contesta os cálculos e diz que o problema reside em outra instância: a Compensação Previdenciária (Comprev).

A compensação estaria demorando de dois a três anos para ser repassada, ocasionando perdas reais. Na ação, o promotor Silderlândio do Nascimento pede a suspensão dos parcelamentos das últimas três gestões e o parcelamento do déficit apontado.

Leia abaixo:

LINKS PATROCINADOS