sete dias sem medo da notícia
Motorista de aplicativo que teve 95% do corpo queimado morre em Fortaleza
A confirmação do falecimento de José Hilker foi feita pela esposa da vítima
O ex-militar da Força Aérea estava trabalhando como motorista de aplicativo, quando foi atacado
Por : Redação CN7
05/12/20 11:18

Morreu na madrugada deste sábado (5), o motorista de aplicativo José Hilker Assunção de Sousa. O jovem estava internado em estado grave no Hospital Instituto José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, há 14 dias após ter 95% do corpo queimado durante um assalto, que aconteceu na noite do dia 21 de novembro. Os quatro suspeitos de cometer o crime foram capturados pela polícia.

A confirmação do falecimento de José Hilker foi feita pela esposa da vítima, Gleycyane Araújo, nas redes sociais.

A noite do crime

O crime aconteceu na noite do sábado, 21 de novembro, enquanto o jovem trabalhava. Ele foi abordado por quatro bandidos, três deles menores de idade, na Rua Campo do Madureira, no Bairro Guajiru. Segundo as investigações, José Hilker foi lesionado pelos criminosos com um objeto perfurocortante, que ainda atearam fogo nele, antes de fugir com o carro da vítima.

LINKS PATROCINADOS