Moradora de Tauá não é atendida em Policlínica por perseguição política

A moradora de Tauá Expedita Sousa

29/08/17 9:09

Uma denúncia feita por Antônia Expedita Sousa na Câmara Municipal de Tauá, nessa segunda-feira (28), tem deixado a população da cidade revoltada. Expedita revelou que teve cirurgia vesícula desmarcada na Policlínica depois que uma funcionária soube que ela tinha votado no vereador Felipe Viana (PSD), oposição ao governo Carlos Windson (PR).

“O que tem a ver saúde com politicagem? O que tem a ver eu ter votado no Felipe? Se é para mudar Tauá [referência à gestão Carlos Windson], mudou o quê? Mudou, sim, para pior. Na saúde, está pior do que estava. Era muito boa, não tinha o que reclamar. Mas agora está pior”, disse Expedita na tribuna.

Confira o depoimento de Expedita Sousa

LINKS PATROCINADOS