Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ministros do TSE descartam prorrogação de mandatos e defendem adiamento das eleições para dezembro
Ouça a matéria

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode decidir até o final de junho sobre a data das eleições municipais deste ano, por conta da pandemia do coronavírus.

Apesar do adiamento ser uma possibilidade, os ministros do TSE descartam qualquer hipótese de prorrogação dos mandatos atuais, informa a edição desta sexta-feira (3) do jornal O Globo.

O pleito eleitoral poderia acontecer em dezembro, dependendo da situação sanitária do país.

“A saúde pública, a saúde da população é o bem maior a ser preservado. Por isso, no momento certo será preciso fazer uma avaliação criteriosa acerca desse tema do adiamento das eleições. Mas nós estamos em abril. O debate ainda é precoce. Não há certeza de como a contaminação vai evoluir. Na hipótese de adiamento, ele deve ser pelo período mínimo necessário para que as eleições possam se realizar com segurança para a população. Estamos falando de semanas, talvez dezembro”, disse o ministro Luís Roberto Barroso, que vai presidir o TSE a partir de maio.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também