Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ministro Eduardo Ramos fala com exclusividade ao CN7 sobre projeto “Mais Brasil”
O ministro chega hoje ao Ceará para encontro com o governador Camilo Santana
General Luiz Eduardo Ramos deu entrevista exclusiva ao CN7 e à Rede Plus de Rádio FM nesta sexta antes de embarcar de Natal para Fortaleza

Em entrevista exclusiva ao programa “Ceará News”, da Rede Plus de Rádio FM e ao site CN7, na manhã desta sexta-feira (8), o ministro chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República (Segov), general  Luiz Eduardo Ramos, revelou que,  “através de atitudes e fatos concretos”, o presidente da República, Jair Bolsonaro, vem  desmentindo boatos e afirmações falsas que se espalharam pelo País desde a campanha eleitoral, de que adotaria medidas contrárias aos interesses dos brasileiros. A entrevista exclusiva teve articulação do deputado federal Domingos Neto (PSD-CE).

“Disseram que o Presidente iria acabar com o (programa social) Bolsa Família e ele fez o contrário, vai pagar em dezembro  o 13º salário aos que são atendidos pelo programa”, disse o ministro na entrevista exclusiva concedida no começo da manhã. Luiz Eduardo falou para a Rede Plus de Rádio minutos antes de embarcar, em Natal (RN), em um voo com destino a Fortaleza. Aqui, deverá ter um encontro, nesta sexta-feira, com o governador Camilo Santana (PT),  para vai tratar do programa “Pacto Mais Brasil”, um conjunto de medidas de ordem econômica e social.

De acordo com o ministro, sua vinda ao Nordeste brasileiro tem como objetivo dialogar com os governadores sobre projetos e obras que estão sendo realizadas  ou estão paradas, ou que poderão ser realizadas em vários setores da economia, com transporte e distribuição de água, além de projetos novos para a Educação e Segurança Pública. Luís Eduardo relatou que nesta viagem à região, já esteve com governadores de Alagoas, Sergipe, Paraíba e do Rio Grande do Norte, debatendo propostas em consonância do Governo Federal com os estados nordestinos.

Sobre o leilão do Pré-Sal, o general avaliou que foi “exitoso”, com a arrecadação de R$ 70 bilhões que serão destinados a vários estados e a obras, programas e projetos no âmbito federal.

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República (SeGov), Luiz Eduardo Ramos, esteve na quinta-feira (3), em Recife (PE) e na quarta-feira (4), em João Pessoa (PB) para apresentar o Plano Nordeste aos governadores, prefeitos e secretários estaduais.

Dinheiro e investimentos

O Pacto Mais Brasil –  Nordeste prevê ações nas áreas de infraestrutura, educação, capacitação, gestão, cidadania e produção. A previsão é de que o Governo Federal invista R$ 4,4 bilhões até dezembro de 2020, sendo que R$ 1 bilhão será aplicado até o fim deste ano.

Pouco mais de 220 municípios serão contemplados com o plano que deve beneficiar mais de 7 milhões de pessoas. “Não vim com soluções mirabolantes e prometendo mundos e fundo. Vim com soluções palpáveis para o Nordeste”, disse o ministro, ainda em Natal (RN) na quinta-feira. O encontro com Camilo Santana está previsto para as 13 horas de hoje no Palácio da Abolição.

Ouça a entrevista exclusiva completa do ministro ao programa “Ceará News”:

Publicidade
Mais Lidas