Sete dias por semana sem medo da notícia!
Menino morto na Aerolândia é a quinta criança assassinada no estado do Ceará em 2020
Dois bebês e três crianças foram mortos na onda de violência que domina o Ceará
Ramonis (11 anos), Jorgiane (1 anos e 11 meses) e Júlio César (4 anos), foram assassinados na onda de violência no Ceará que não poupa nem mesmo as crianças e recém-nascidos
Ouça a matéria

Subiu para cinco o número de crianças assassinadas no Ceará em apenas três meses de 2020. A vítima mais recente da violência foi o garoto Júlio César da Silva Moreira, 4 anos. Ele morreu na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro 1) nesta quinta-feira (26), após ser atingido por tiros. O crime ocorreu no bairro Aerolândia, Capital.

De acordo com informações colhidas pela Polícia Militar no local do crime e repassadas ao portal CN7, alguns moradores estavam reunidos na entrada de um beco na Rua Tenente Jaime Andrade, na tarde de quarta-feira (25), quando apareceu um carro de onde desembarcaram três homens armados e encapuzados.  

Os desconhecidos  passaram a atirar contra o grupo, atingindo quatro pessoas, entre elas, o pequeno Júlio César. Já o pedreiro Romário dos Santos Mota, 31 anos, foi baleado quatro vezes e está internado em estado considerado grave.  Outros dois feridos já receberam alta médica.

O menino baleado foi levado às pressas para o hospital, mas não resistiu. A Polícia Civil, através do seu Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), já está investigando o crime e não descarta a hipótese de que o crime tenha ligação com a guerra travada entre traficantes de drogas ligados à facções criminosas que disputam o território do bairro.

Até ontem à noite, a Polícia não havia prendido nenhum suspeito do crime

Confira o balanço das ocorrências realizada pelo portal CN7:

O garoto Júlio César da Silva Moreira é a quinta criança assassinada no Ceará entre os dias 1º de janeiro e 26 de março. Veja a seguir, a lista das vítimas:

1 (13/01) – José Ramonis Trajano da Silva, 11 anos – Morto por bala perdida durante um tiroteio entre criminosos na Rua Plutão, no bairro Vila União, em Fortaleza, quando voltava de uma missa na companhia da mãe.

2 (22/02) – Jorgiane dos Santos Xavier, 1 ano e 11 meses – assassinada a tiros juntamente com o pai, Francisco Jorge Gomes Xavier, 39 anos, dentro de casa, na localidade de Vila Cumbe, zona rural de Beberibe. O duplo homicídio aconteceu madrugada de sábado de Carnaval. Um grupo armado e encapuzado invadiu a casa e matou pai e filha.

3 (10/03) – Enzo Gabriel Ferreira Ribeiro, 9 meses, morto a tiros, juntamente com a mãe, a adolescente Maria Gabrielly Ferreira Ribeiro, 17 anos, dentro de casa, na comunidade das Malvinas, no bairro Quintino Cunha, zona Oeste de Fortaleza. Crime praticado por uma facção.

4 (15/03) – Yuri Kelson Silva Ribeiro, 5 anos – morto a tiros juntamente com a irmã,  Yasmin Silva Ribeiro, 14 anos; por bandidos da facção Guardiões do Estado (GDE), dentro de casa, na localidade de Cercadão dos Dicetas, no Icaraí,  em Caucaia.  O bando está preso.

5 (25/03) – Júlio César da Silva Moreira, 4 anos – morto a tiros na Rua Tenente Jaime Andrade, no bairro Aerolândia. Bandidos desembarcaram de um carro e passaram a atirar em um grupo de moradores. A criança foi baleada e morreu no IJF-Centro.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também