sete dias sem medo da notícia
Desistiram
Marcas retiram seus patrocínios da Copa América devido à pandemia da covid
As empresas alegam que o motivo é a situação da pandemia da covid no Brasil
(Foto: divulgação/Conmebol)
Por : Redação CN7
10/06/21 17:32

A companhia inglesa Diageo, dona das marcas Smirnoff e Johnnie Walker, decidiu nesta quinta-feira (10) se juntar a Mastercard e a Ambev e retirar suas marcas da Copa América no Brasil. A empresa alegou que o motivo é “a atual situação sanitária brasileira e em respeito ao momento da pandemia do Covid-19”.

A Diageo ainda reiterou que os termos do patrocínio foram acertados quando a Copa América iria ser realizada na Colômbia e na Argentina. “A Diageo reitera seu compromisso com a sociedade observando os protocolos de segurança e ações institucionais que contribuam para a mitigação da pandemia”.

Outras marcas

Além da desistência da Diageo, Mastercard e Ambev, as marcas que patrocinam a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicaram notas exigindo uma explicação sobre as acusações de assédio sexual e moral contra o então presidente da entidade, Rogério Caboclo. Vale lembrar que o mandatário foi afastado do cargo por 30 dias.

LINKS PATROCINADOS