sete dias sem medo da notícia
Sem trégua
Mais uma mulher é morta e Ceará registra 13 casos em apenas 14 dias de 2021
Na manhã desta quinta-feira (14), uma jovem foi executada, a tiros, em Quixadá
O corpo da jovem assassinada foi levado o Núcleo Regional da Perícia Forense em Quixeramobim
Por : Fernando Ribeiro
14/01/21 12:11

Subiu para 13 o número de mulheres assassinadas no Ceará em apenas 14 dias de 2021. A mais recente vítima foi uma jovem que acabou morta, a tiros, na manhã de hoje (14), na periferia da cidade de Quixadá, no Sertão Central (a 154Km de Fortaleza).  O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil através da Delegacia Regional sediada naquele Município.

As informações preliminares revelam que a vítima, identificada apenas por Adrielle, foi atingida com três tiros disparados a queima-roupa por desconhecidos que fugiram do local em uma motocicleta. O caso ocorreu no bairro Campo Velho.

Moradores informaram aos policiais militares do 9º Batalhão da PM, que foram ouvidos, ao menos, cinco estampidos e, logo em seguida, encontraram a jovem ferida. Não houve sequer tempo de socorrê-la ao hospital público da cidade. Adrielle morreu no local no local do crime.

O corpo da jovem foi encaminhado ao Núcleo Regional da Polícia Forense da vizinha cidade de  Quixeramobim (a 201Km de Fortaleza).  

Outros crimes

Na noite da última terça-feira (12), duas mulheres foram assassinadas, a tiros, no Distrito de Uiraponga, na zona rural do Município de Morada Nova (a 163Km de Fortaleza).  As vítimas foram atingidas por vários disparos de pistola.

As duas mulheres foram identificadas por Maria Marlene Barreto da Silva, que era professora aposentada da rede municipal de Educação; e Cosma Sousa dos Santos, que trabalhava como secretária. Ambas não tinham antecedentes criminais.

No fim de semana passado, outras três mulheres foram assassinadas no Ceará:

Na noite da última sexta-feira (8), a jovem  Isabela Mikaella Batista Silva, 24 anos, foi assassinada, a tiros, ao sair da casa de uma manicure, na Avenida João Pessoa, no bairro Porangabuçu, ao lado do Canal do Jardim América.

Na noite de domingo, o corpo de Lorena Graziella Martins da Silva, 24, foi encontrado  junto ao corpo do marido, Thállis Eduardo Alves de Lira. Os dois foram encontrados enforcados e despidos no quarto do casal, que morava em uma casa na Rua Planaltina, no bairro Planalto Ayrton Senna, em Fortaleza. O crime segue misterioso.

Também no domingo, na madrugada, a dona de casa Evaneide Ferreira da Silva, 38 anos, foi assassinada junto com o marido, o ex-PM Francisco Willes Carneiro Lopes, 37 anos. O casal foi assassinado a tiros dentro de casa, quando dormia. O crime ocorreu na localidade de Japuara,no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Na segunda-feira (11), mãe e filha foram mortas, a tiros, dentro de casa, no Distrito de Sítios Novos, em Caucaia. As duas também estavam dormindo quando a casa foi invadida pelos assassinos. As vítimas foram identificadas como Laurice Gonçalves da Silva, 60 anos; e sua filha, Alexandra Marques da Silva, 40. Elas teriam sido assassinadas por não entregarem a casa onde moravam para membros de uma facção criminosa.

LINKS PATROCINADOS