Sete dias por semana sem medo da notícia!
Mais duas mulheres são vítimas de feminicídio no Ceará em apenas dois dias
Os crimes aconteceram em Fortaleza e Pedra Branca. Um dos acusados já está preso
Klésia Oliveira, 33 anos, foi morta, ontem, em Fortaleza. O suspeito é o companheiro

Subiu para 145 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2019 no Ceará. Nas  últimas  48 horas, mais dois crimes do gênero foram registrados no estado pelas autoridades da Segurança Pública, sendo um deles no interior e outro na Capital.

Na tarde desta quinta-feira (5), a Polícia Militar foi acionada para ir até uma residência localizada na Rua 8 de Dezembro, no bairro Siqueira, na zona Sul da cidade, na Área Integrada de Segurança Dois (AIS-2), onde foi encontrado dentro de uma rede de dormir o corpo de uma mulher com sinais de violência. 

O cadáver era de Francisca Klésia Belo de Oliveira, 33 anos. Na cabeça da mulher havia uma marca de tiro, conforme atestaram os peritos.   A Polícia suspeita que a vítima tenha sido morta durante a madrugada. Vizinhos disseram, ter ouvido um estampido.

De acordo com as autoridades, o principal suspeito do crime é o companheiro de Klésia, um homem conhecido por “Dony”, que estaria envolvido em crime de agiotagem. Ele permanece foragido e sendo procurado pelas autoridades.

Outro caso

Na tarde da última quarta-feira (4), uma mulher foi assassinada com golpes de barra de ferro em via pública. O crime aconteceu na cidade de Pedra Branca (a 285Km de Fortaleza).  A vítima era Elielda Tavares da Costa. O corpo foi encontrado mutilado.

Guardas municipais de Pedra Branca foram acionados pelos moradores daquela comunidade e, rapidamente, prenderam o suspeito do criem. Trata-se de um homem com o qual a vítima tinha um relacionamento. Ele permanece foragido.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também