sete dias sem medo da notícia
Avanço
Mais de 1 milhão de adolescentes de 12 a 17 anos já foram vacinados no Brasil
A recomendação é que os municípios utilizem a vacina da Pfizer
Por : Redação CN7
29/08/21 8:18

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 em adultos no Brasil, estados e municípios já começaram a imunizar adolescentes entre 12 e 17 anos. Até este sábado (28), mais de 1 milhão de doses de vacina foram aplicadas no público dessa faixa etária. A orientação do Ministério da Saúde é que a imunização dos adolescentes só seja iniciada depois que os municípios aplicarem a primeira dose em toda a população adulta.

Outra recomendação é que os municípios utilizem a vacina da Pfizer, já que esse é o único imunizante com aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para vacinar esse público. Segundo o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, até o dia 15 de setembro, o Brasil terá recebido outras 150 milhões de doses para imunizar toda a população adulta e, assim, avançar no público adolescente.

“São mais de 20 milhões de adolescentes entre 12 e 17 anos. Com a chegada de mais doses da Pfizer até o fim de setembro, teremos doses suficientes para distribuir imunizantes e vacinar, não só os adolescentes, mas também aplicar a dose de reforço nas pessoas com mais de 70 anos e imunossuprimidos. Mas é importante que os municípios concluam a vacinação dos adultos com a primeira dose”, contou Cruz.

Entre as razões para a escolha da Pfizer, segundo o secretário, estão ainda a conclusão das entregas das doses da vacina Coronavac e AstraZeneca. A previsão é que o Butantan conclua a entrega das 100 milhões de doses contratadas até o fim do mês de agosto. Além disso, as doses a serem entregues pela Fiocruz serão destinadas para a aplicação da segunda dose.

“Há ainda doses da Janssen a serem entregues ao Ministério da Saúde. Só que essas doses estão previstas para chegar em outubro. Dessa forma, as doses que teremos disponíveis para aplicar dose de reforço, bem como imunizar adolescentes, serão as doses do imunizante da Pfizer”, finalizou Rodrigo.

LINKS PATROCINADOS