Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Mais de 1.600 armas de fogo são apreendidas de janeiro a março deste ano no Ceará

Número contribui para o combate aos homicídios no estado, segundo Samuel Elânio

Foto: PMCE

23/04/24 8:29

O trabalho conjunto das Forças de Segurança do Ceará resultou na apreensão de 1.661 armas de fogo no primeiro trimestre de 2024. O resultado representa um aumento de 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram apreendidas 1.578 armas de fogo em todo o Estado.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Conforme os dados, compilados pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), órgão vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os agentes da Segurança Pública apreendem uma média de 19 armas por dia. Considerando, apenas, o resultado de março deste ano, o Ceará também apresentou um aumento no número de apreensões de armas de fogo, de 4,2%, quando foram retiradas de circulação 567 armas de fogo no período, frente às 544 apreendidas em março de 2023.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Ainda conforme os dados da Supesp, comparando o primeiro trimestre de 2024 em relação ao mesmo período do ano passado, as apreensões de armas de fogo nos 19 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) passaram de 291 para 359, com uma alta de 23,4%. Levando em consideração somente o terceiro mês do ano, também houve aumento no número de apreensões, indo de 97, em março do ano passado, para 134 armas de fogo apreendidas em março deste ano, perfazendo um acréscimo de 38,1%.

LINKS PATROCINADOS