Sete dias por semana sem medo da notícia!
Líder do PSL na Câmara acusa deputado Daniel Silveira de grampear Bolsonaro

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir, acusa o deputado federal Daniel Silveira, eleito pelo partido no Rio de Janeiro, de ter sido o responsável por ter grampeado o presidente Jair Bolsonaro.

Delegado Waldir chamou colega de “corno” e de fazer jogo duplo.

“Eu fiz o que tinha que ser feito”, declarou o parlamentar, responsável pela divulgação de áudio de uma reunião interna do PSL em que Waldir é gravado dizendo que vai “implodir o presidente”. “Se me cassarem eu vou bagunçar o coreto”, ameaçou.

Confira



Publicidade
Mais Lidas