Sete dias por semana sem medo da notícia!
Justiça converte em prisão preventiva detenção de PMs considerados desertores
Ouça a matéria

O juiz Roberto Soares Coutinho converteu em prisão preventiva a detenção dos 43 policiais militares considerados “desertores”. Eles faltarm a convocação para trabalhar na segurança das festas de Carnaval em cidades do interior, considerado, assim, uma infração do Código Penal Militar.

O resultado, divulgado na noite desta quinta-feira (27), foi resultado de uma Audiência de Custódia dos policiais militares e durou toda a tarde de hoje.

Confira a decisão na íntegra:

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também