Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Homem é condenado a 20 anos de prisão por estuprar a própria filha

Réu cumprirá a pena, em regime fechado, com agravo devido ao parentesco

Foto: Acervo Pessoal

29/02/24 13:41

Um homem acusado de estuprar, diversas vezes, a própria filha dentro de casa foi condenado a 20 anos de prisão. A Vara Única da Comarca de Uruoca acatou as teses do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). Conforme o relato da adolescente, o autor do crime a coagia a praticar atos sexuais e ameaçava, não só a ela, mas também a mãe, irmãos e vizinhos, caso os abusos fossem denunciados. O caso aconteceu em Martinópole no ano de 2022.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

A Promotoria de Justiça Vinculada de Martinópole foi notificada por professores da vítima e pelo Conselho Tutelar sobre o possível crime. O Ministério Público coletou provas substanciais, bem como testemunhos de familiares e pessoas próximas, e formalizou a denúncia contra o pai da adolescente, solicitando a prisão preventiva dele. O promotor de Justiça Guilherme Bessa destaca que a resolução do caso marca a importância da vigilância e da denúncia no combate à violência sexual, assegurando a proteção dos direitos das vítimas e a punição dos infratores.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

“A investigação e o subsequente processo legal demonstram o comprometimento das autoridades judiciais e do Ministério Público em combater crimes dessa natureza, enfatizando a relevância da atuação conjunta da comunidade (professores, conselheiros tutelares, profissionais de saúde e das instituições governamentais) no combate à violência e garantindo a proteção integral de nossas crianças e adolescentes”, finaliza.

O réu cumprirá a pena, em regime fechado, com agravo devido ao parentesco e à continuidade dos atos. Ele já havia sido preso preventivamente e não poderá recorrer em liberdade.

LINKS PATROCINADOS