Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Juiz decide não se manter como magistrado de briga jurídica no PDT-CE

Processo que vai definir intervenção no diretório estadual será redistribuído

(Foto: reprodução/Google Street View)

13/11/23 17:30

O juiz Cid Peixoto do Amaral Neto, da 3ª Vara Cível da comarca de Fortaleza, decidiu, nesta segunda-feira (13), declinar de sua competência para continuar como magistrado nas brigas jurídicas do PDT no Ceará. A decisão, de acordo com o juiz, foi fundamentada em questões técnicas formais. Desta forma, o processo que definirá a intervenção, ou não, no diretório estadual do partido será redistribuído.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

“Ante o exposto, por questões técnicas formais declino da competência para determinar que este processo siga para a redistribuição para um juízo cível residual. Mantenho os termos da decisão de págs. 236-237, ficando a critério do juízo a ser redistribuído a manutenção ou não dos autos praticados”, informa o magistrado em um trecho do documento.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Confira documento:

LINKS PATROCINADOS