Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Juazeiro precisa de 12 mil novos eleitores para ter segundo turno

Eleitorado de Juazeiro do Norte se aproxima de 200 mil

05/03/24 11:47

Juazeiro do Norte é uma das 100 cidades brasileiras que podem ter segundo turno pela primeira vez em uma eleição para prefeito, vice e vereadores. Para que isso aconteça já no pleito de outubro próximo, o maior colégio eleitoral do Cariri precisa ganhar mais 12.421 novos eleitores até o dia oito de maio, quando se encerra o prazo para inscrição e regularização do título de eleitor. O cálculo ainda precisa descontar eleitores falecidos e os que transferiram o domicílio eleitoral para outra cidade. 

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Uma cidade precisa ter 200 mil pessoas aptas a votarem, para que haja segundo turno. Juazeiro do Norte tem, atualmente, 187.539 eleitores. Somente na semana passada, foram registradas 1.402 novas inscrições. “Há um número de eleitores que ainda está em processamento, da última semana de atendimento”, revela Wendell Freire, chefe de cartório da 119ª zona eleitoral. 

No momento, a Justiça se concentra no alistamento e regularização de votantes e no contato com mesários que atuaram em eleições passadas. Segundo Wendell, a equipe de apoio planeja a logística dos recursos a serem utilizados, “mas ainda não há trabalho mais intenso na preparação, porque todo o Cartório Eleitoral está voltado para o atendimento ao eleitor”. Ele informa, ainda, que não há necessidade de um planejamento específico para um eventual segundo turno, já que se trata de uma nova eleição. “Então, a preparação que já é feita ao primeiro turno é só estendida ao segundo”.

Além do atendimento na sede, das 8 às 17 horas, o Cartório Eleitoral de Juazeiro do Norte oferta serviços de modo itinerante no Cariri Shopping e no Centro Social Urbano (CSU). Outra estratégia adotada inclui assistência em três escolas de Ensino Médio, inclusive no turno noturno, para alistar alunos para votar pela primeira vez. 

Conforme o chefe do cartório explica, “à Justiça Eleitoral compete ofertar o serviço da melhor forma possível para o eleitor ser captado para poder exercer sua cidadania na eleição em outubro”. Entretanto, não há garantias de que Juazeiro alcançará a marca de 200 mil eleitores até maio, mesmo considerando o ritmo atual de novos cadastros e as campanhas e ações itinerantes.

Ainda segundo Wendell, contudo, a experiência tem demonstrado que o ritmo aumenta conforme o prazo de alistamento se aproxima do fim, “como normalmente acontece em ano de eleição”. Ele acrescenta que se o ritmo atual aumentar, “há uma possibilidade de que isso [segundo turno] possa vir a acontecer”.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Atualmente, menos de 2% dos 5.568 municípios brasileiros têm segundo turno: são 99 cidades, incluindo as 26 capitais. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 52 delas estão na região Sudeste, 18 no Nordeste, 15 no Sul, nove no Norte e cinco no Centro-Oeste. No Ceará, existe segunda votação apenas em Fortaleza e Caucaia. 

Desde o último pleito municipal, em 2020, cinco cidades passaram a ter segundo turno: São José dos Pinhais e Foz do Iguaçu, no Paraná, Embu das Artes e Sumaré, em São Paulo, e Palmas, no Tocantins, a única capital com turno único. Na contramão, o número de votantes em Governador Valadares (MG) caiu de 213 mil para 198 mil.

Com informações, Jornal do Cariri

LINKS PATROCINADOS