sete dias sem medo da notícia
José Wilson admite em áudio que dava as cartas na Prefeitura de Pacajus
Zé Wilson e Flanky Chaves
Por : Redação CN7
03/10/17 10:14

José Wilson Chaves confessou que dava as cartas na gestão do filho Flanky Chaves em Pacajus. O ex-prefeito foi afastado do cargo por irregularidades na dispensa de licitações. Se a Justiça decidiu que a marionete estava suja, agora sabe, com certeza, que ela estava sendo manipulada pelo próprio pai.

Zé Wilson disse que trabalhava como prefeito porque o filho era inocente, inexperiente e não saberia como gerir Pacajus. O único problema é que a população votou em Flanky para comandar a cidade, e não no pai.

Ouça a confissão de Zé Wilson

O pai do ex-prefeito, na mesma entrevista, ainda desrespeitou o Ministério Público, chamando-o de fuxiqueiro. Ele garante que as provas apresentadas pelo órgão à Justiça não têm a mínima credibilidade. Zé Wilson põe em xeque não apenas o trabalho do procurador, mas também do juiz que decretou o afastamento de Flanky.

Zé chama MP de fuxiqueiro

No melhor estilo o inferno são os outros, Zé Wilson ainda teve o descaramento de dizer que a culpa de tudo o que está acontecendo não é dele nem do filho, mas de um escritório de contabilidade contrato pelos dois para – pasmem! – gerir Pacajus.

Escute a desculpa do pai do Flanky

LINKS PATROCINADOS