sete dias sem medo da notícia
Entenda
Jato turco com droga pertence ao PCC; PF investiga caso na capital
Foram apreendidos mais 1,3 tonelada de cocaína na capital cearense
Jato turco
Por : Redação CN7
05/08/21 11:00

A aeronave Gulfstream G-IV apreendida em Fortaleza com mais de 1,3 tonelada de cocaína pertence à facção paulista PCC. É o que aponta investigação da Polícia Federal. A apreensão aconteceu ontem (4). A droga foi colocada no avião em Ribeirão Preto (SP). Agora, a PF investiga se o jato já havia feito mais viagens à capital.

O Gulfstream precisou vir a Fortaleza porque só podia viajar à Bélgica, levando a droga, se saísse de um aeroporto internacional. Daí foi escolhido o Pinto Martins, onde supostamente teria um esquema de proteção — que falhou ou nunca existiu.

Em tempo

Outra revelação já em poder da PF: a aeronave foi da Força Aérea Turca.

Em tempo II

Algumas perguntas: ela foi vendida? Provável. Se sim, quem são os novos donos? E quem são os turcos presos?

Veja

LINKS PATROCINADOS