Sete dias por semana sem medo da notícia!
Jaime Júnior desafia TRE-CE e realizará micareta Joia Folia como palanque eleitoral
Ele está com a corda toda e muito dinheiro: a multa é de R$ 50 mil
Jaime Júnior tietando Michel Temer
Ouça a matéria

O sempre contraditório Jaime Júnior está disposto a não cumprir decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) que proibiu a micareta Joia Folia em Icó, organizada por ele, que aconteceria no próximo sábado. A ideia de Jaime é fazer do evento um palanque para catapultar a campanha dos candidatos a deputado que apoia.

O ex-prefeito de Icó tem usado o seu ex-chefe de gabinete, o advogado Manoel Guedes, para desafiar o TRE-CE nas redes sociais.

“A caminhada e a carreata vai (sic) acontecer. O que a decisão proíbe, aí, é o suposto comício, que na verdade nunca aconteceu e nem é nossa intenção fazer showmício, porque a gente sabe que a legislação eleitoral proíbe. Então o Joia Folia vai acontecer”, defende Manoel.

Em tempo

Jaime Júnior já trocou nove vezes de candidato a deputado federal. Depois de romper com Eduardo Bismarck e Mosiah Moroni, aguarda uma resposta de Adail Carneiro. Sua pedida é alta: R$ 2 milhões por 10 mil votos.

Ouça a fala do advogado de Jaime Júnior

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também