sete dias sem medo da notícia
INSS pagou em 2016 R$ 1,1 bilhão em aposentadorias e pensões a beneficiários mortos
Por : Redação CN7
19/09/17 9:02

O INSS registrou em 2016 um rombo de pelo menos R$ 1,1 bilhão em aposentadorias e pensões pagas a beneficiários mortos – muitos deles
morreram há mais de 10 anos.A informação está em um relatório elaborado por técnicos do Ministério da  Transparencia e da Controladoria Geral da União, informa a Folha de S. Paulo desta terça-feira (19)

Quando um beneficiário morre, os cartórios têm até o dia 10 do mês seguinte ao ocorrido para informar ao INSS sobre o óbito. Depois cabe ao órgão
suspender o envio do dinheiro ao morto. O problema, segundo os técnicos, é que nem sempre a suspensão dos benefícios ocorre de forma automática.

Um levantamento feito entre janeiro e agosto de 2016 detectou que o INSS pagou benefícios a 101,4 mil pessoas que constavam como mortos em sistema operado pela Secretaria da Previdência Social. Essa informação surge em meio Às tentativas do Governo Federal de aprovar,  no Congresso a Reforma da Previdência. /

LINKS PATROCINADOS