Sete dias por semana sem medo da notícia!
Padre Reginaldo Manzotti e Igreja Católica oferecem apoio a Bolsonaro em troca de verba
Reginaldo Manzotti
Ouça a matéria

Padres e leigos conservadores que controlam parte significativa do sistema de emissoras católicas de rádio e TV ofereceram “midia positiva” para ações do governo. Em contrapartida, pediram publicidade estatal e outorgas para expandir sua rede de comunicação. A informação está publicada na edição deste sábado (6) do Estado de S. Paulo.

A proposta foi feita em 21 de maio, durante videoconferência com a participação de Bolsonaro, sacerdotes, parlamentares e representantes de alguns dos maiores grupos católicos de comunicação. Entre os participantes estavam o padre e cantor Reginaldo Manzotti e o empresário João Monteiro de Barros Neto, da Rede Vida.

Eles pediram acesso ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, à Anatel e principalmente à Secretaria de Comunicação Social da Presidência, que controla vergas. O encontro virtual foi intermediado pelo líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), com a Frente Parlamentar Católica.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também