X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Guerra de facções deixa dois mortos em meia hora na Grande Fortaleza nesta terça
Violência não dá trégua. Neste ano, já foram registrados 3.838 assassinatos no Ceará
Um dos crimes ocorreu na Rua Raquel Holanda, no bairro Elleri, zona Oeste da Capital

A “guerra” de facções criminosas nas ruas da Grande Fortaleza fez mais duas vítimas no intervalo de apenas 30 minutos da manhã desta terça-feira (9). Duas pessoas foram executadas sumariamente com tiros na cabeça em via pública, em Fortaleza e na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana da Capital.  NO acumulado ano, o Ceará já registra em 2018, nada menos, que 3.839 homicídios.

O primeiro crime ocorreu por volta de 9 horas, na Rua Raquel Holanda, no bairro Elleri, na zona Oeste de Fortaleza, pertencente à Área Integrada de Segurança Quatro (AIS-4), onde bandidos ocupantes de um carro não identificado assassinaram, a tiros, um homem conhecido naquele bairro pelo apelido de “Vampirinho”.

Conforme testemunhas, o homem foi perseguido na rua e acabou sendo morto na frente de uma residência. Policiais militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG), da 1ª Companhia do 5º BPM (Centro), isolaram a área e aguardaram a chegada de equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que irão investigar o crime.

Outro

Cerca de meia hora depois, mais um crime de morte mobilizou equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e da Perícia Forense (Pefoce) para a cidade de Caucaia, na RMF.  Um crime de morte ocorreu na comunidade Vila Casé, entre os bairros Planalto Caucaia e Padre Júlio Maria (Capoeiras).

Um homem, ainda não identificado, foi perseguido na Rua 2, por bandidos armados. Tentou escapar dos criminosos se escondendo atrás de um carro  estacionado na frente de uma residência, mas acabou sendo executado sumariamente com cerca de seis tiros na cabeça.  Patrulhas do 14º BPM (Caucaia) e da Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC) estiveram no local dando início às investigações.

Os dois corpos foram encaminhados para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Pefoce, onde deverão ser necropsiados até o fim da tarde e, logo em seguida, liberados para sepultamento após o reconhecimento formal de familiares.

Plantão

Somente na segunda-feira (8), foram registrados sete casos de assassinatos no Ceará, sendo um em Fortaleza (no bairro Aldeota), três na Região Metropolitana de Fortaleza (em Aquiraz, Eusébio e Maranguape) e três no interior (Sobral, Pentecoste e Aracati).

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também