sete dias sem medo da notícia
Confira a lista
Governo do Ceará oferece até R$ 8 mil por informações sobre foragidos da Justiça
Ao todo, 14 criminosos tiveram seus nomes atualizados na lista de foragidos
(Foto: divulgação/SSPDS)
Por : Redação CN7
18/10/21 19:05

O Governo do Estado do Ceará está oferecendo recompensas que variam entre entre R$ 2 mil e R$ 8 mil para quem fornecer informações que auxiliem nas capturas de criminosos foragidos da Justiça. Todos eles são suspeitos de integrarem grupos criminosos atuantes no Estado, além de possuírem passagens por diversos crimes. As informações sobre os 14 criminosos foragidos foram atualizadas nesta segunda-feira (18).

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), dois dos alvos que foram incluídos no Programa Estadual de Recompensa são irmãos e considerados pelas autoridades policiais indivíduos de alta periculosidade.

Para que o valor seja pago ao denunciante, uma comissão do programa deverá avaliar se a informação repassada foi de grande relevância para as investigações policiais. Caso a denúncia tenha sido considerada de grande valia, a comissão vai analisar o relatório feito pela autoridade policial para a investigação. Em caso de mais informações relevantes dadas por outras pessoas, o prêmio deverá ser dividido igualmente. No entanto, em caso de informações falsas, o responsável poderá responder civil e criminalmente.

A denúncia poderá ser realizada por qualquer indivíduo, exceto agentes de segurança pública e seus parentes, além de servidores administrativos dos órgãos que compõem a Comissão Estadual do Programa de Recompensa e seus familiares.

Confira a lista dos foragidos:

Evaldo Batista Ferreira, 56 anos – Vulgo “Evaldo Coragem”

Recompensa: R$ 8 mil

Marcos Batista Ferreira Mendes, 39 anos – Vulgo “Marquim Coragem”

Recompensa: R$ 8 mil

  • Apontados como integrantes de um grupo criminoso atuante na cidade de Sobral, na região Norte do Ceará. Juntos, eles somam diversas passagens pela Polícia pelos crimes de homicídio doloso, latrocínio e roubo.

Antônio Edinaldo Soares de Oliveira, 36 anos – Vulgo “Naldo”

Recompensa: R$ 7 mil

  • Ele acumula 12 passagens pela Polícia cearense pelos crimes de homicídio doloso, sequestro e carcere privado, extorsão, associação criminosa, roubo, posse e porte ilegal de arma de fogo, além de dano e posse de drogas. “Naldo” é fugitivo do Sistema Penitenciário desde o ano passado.

Gilberto de Oliveira Cazuza, 30 anos – Vulgo “Mingau”

Recompensa: R$ 7 mil

  • Possui antecedentes por homicídio doloso, tráfico de drogas, associação para o tráfico, e posse ou porte ilegal de arma de fogo é procurado por integrar um grupo criminoso atuante no Vale do Jaguaribe.

Francisco Edson Pereira, 35 anos – Vulgo “Dragão”

Recompensa: R$ 7 mil

  • Ele é investigado por crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Rener Castro de Souza, 30 anos

Recompensa: R$ 6 mil

  • Possui passagens por tráfico de drogas, por integrar organização criminosa, associação para o tráfico de drogas, lesão corporal, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo. Ele é apontado como chefe de um coletivo criminoso com atuação no município de Aracati.

Wanderson Delfino de Queiroz, 24 anos – Vulgo “Interior”

Recompensa: R$ 6 mil

  • Possui antecedentes por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa, além de ser apontado como o responsável pelas mortes de sete pessoas, em novembro de 2020, em Ibaretama.

Igor Bezerra da Silva, 21 anos – Vulgo “Barruada”

Recompensa: R$ 5 mil

  • Suspeito de integrar um coletivo criminoso responsável por crimes registrados no município de Caucaia. Ele acumula passagens por homicídio, por integrar organização criminosa, por tráfico de drogas e por porte ilegal de arma de fogo.

Outros procurados

  • Ismário Wanderson Fernandes da Silva, 31 anos – Vulgo “Bacurau”;
  • Otávio Augusto Monteiro Jardim, 23 anos – Vulgo “Totó”;
  • Sancley de Araújo Holanda, 41 anos – Vulgo “Sadam”;
  • Rogério Araújo de Freita, 27 anos – Vulgo “Chocolate”;
  • Carlos Mateus da Silva Alencar, 25 anos – Vulgo “Fiel” ou “Skidum”;
  • Alexandre Ximenes de Carvalho, 31 anos – Vulgo “Pica-Pau ou Jacaré”.

Os foragidos são investigados por integrarem grupos criminosos responsáveis por crimes ocorridos na capital cearense, nos municípios de Pindoretama, Itaitinga e Interior Norte do Ceará, além dos estados do Piauí e Maranhão.

LINKS PATROCINADOS