Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Glêdson e Fernando Santana garantem eleições polarizadas em Juazeiro

Coluna Rebate

09/04/24 11:17

Saiu a primeira pesquisa eleitoral do Jornal do Cariri – Instituto Paraná com a corrida para a prefeitura de Juazeiro do Norte. O prefeito Glêdson Bezerra lidera com 35%. Num empate dentro da margem do erro, Fernando Santana está em segundo lugar, com 32,4%. Atrás, em terceiro lugar, vem o candidato do PSOL, Germano Lima, com 10,4%. Essa pesquisa retrata, hoje, que as eleições estão emboladas e com alta taxa de indecisão em Juazeiro do Norte. Outra informação obtida nessa avaliação do Jornal do CaririInstituto Paraná é o elevado índice de indefinição sobre quem o eleitor juazeirense quer apoiar para ser o seu prefeito. Hoje, esse índice está em 66,9%, numa pergunta espontânea. De cada 10 eleitores, sete ainda não sabem quem irá votar para prefeito. Assim, há muito espaço para o crescimento dos candidatos. Apesar dessa indefinição, os eleitores mostram que estão mesmo divididos sobre o melhor candidato a apoiar. Quando indagados, numa situação eleitoral estimulada, 22,2% dos eleitores não sabem em quem votar e nem responderam. Ou votaram em branco, nulo e nenhum. Esses números revelam que as eleições de Juazeiro do Norte estão abertas. A corrida eleitoral só está começando. O grande eleitor continua sendo Lula: 45,4% dizem que votam com certeza num candidato apoiado por ele. Já o mais rejeitado é Bolsonaro: 71,7% dos eleitores jamais votaria num candidato apoiado pelo ex-presidente. Outro eleitor influente, o governador Elmano tem o poder alto de transferência: 66,7% dos eleitores, com certeza, votariam ou poderia votar num candidato apoiado por Elmano. Essa pesquisa ouviu 700 eleitores entre os dias 03 e 08 de abril de 2024. A amostra usada é representativa da população da área pesquisada e foi selecionada em duas etapas. A amostra do município de Juazeiro do Norte atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 3,8 pontos percentuais para os resultados gerais.

Governo Elmano e Lula estão bem avaliados

A pesquisa do Jornal do Cariri – Instituto Paraná revela que o Governo Lula é aprovado por 72,6% dos eleitores de Juazeiro do Norte. Já 24,3% desaprovam o Governo Lula. 56,6% dos eleitores consideram o Governo Lula, ótimo ou bom. Em contrapartida, 17,8% dos eleitores avaliam o Governo Lula como ruim e péssimo. Já para 23,9% dos eleitores, o governo Lula é regular. A avaliação do governo Elmano também é positiva. 65,4% dos eleitores aprovam o governo Elmano em Juazeiro do Norte. 30,7% desaprovam. 46,5% dos eleitores juazeirenses consideram ótimo e bom o governo de Elmano de Freitas. 21,4% dos eleitores avaliam o governo Elmano como ruim e péssimo. 30% dizem que o governo Elmano é regular. Por sua vez, a avaliação do prefeito Glêdson Bezerra: 39,4% aprovam a administração municipal. 56,7% desaprovam a administração Glêdson Bezerra. Para 24,8% dos eleitores, a administração Glêdson Bezerra é ótima ou boa. 45,4% dizem que essa administração é ruim ou péssima. Para 28,1%, a administração Glêdson Bezerra é regular. Pelas avaliações, Lula é o mais aprovado, seguido pelo governador Elmano.

Fernando é o responsável pelo crescimento do PT de Juazeiro

O crescimento do PT de Juazeiro do Norte, que saiu de zero para quatro cadeiras na Câmara, passando a ser a segunda maior bancada da Casa, foi possível graças ao desempenho do deputado estadual Fernando Santana (PT). Durante toda a semana, o gabinete de Fernando, em Juazeiro, foi o quartel general da base aliada, por onde passaram dezenas de vereadores e muitas articulações foram pensadas e fechadas. Dos três nomes que entraram, apenas Jaqueline Gouveia e Bilinha devem disputar a reeleição. Rosane Macedo deve abrir espaço para outros nomes. Isso foi fundamental para que o partido acatasse as adesões. Fernando vai precisar do máximo de apoios que puder agregar, e isso também foi fundamental para o sucesso das negociações eleitorais, que contaram com o aval da direção municipal do PT. O fim da janela partidária revelou ser Fernando Santana um bom articulador, deixando o partido, tanto em Juazeiro como em Fortaleza, satisfeitos com o resultado final.

Camilo desafia Arnon a ser vice de Fernando

Em uma conversa com o ministro Camilo Santana, o ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, foi perguntado se toparia ser candidato a vice-prefeito, em caso de necessidade, na chapa de Fernando Santana. Arnon respondeu o que Camilo queria ouvir: está disposto a tudo para ajudar eleitoralmente a candidatura da base aliada, hoje liderada pelo deputado estadual Fernando Santana. Apesar de se dispor para a tarefa, Arnon não deixou barato o seu consentimento. Pediu a Camilo prioridade na distribuição dos colégios eleitorais de José Guimarães, que devem ficar livres na próxima eleição de 2026, com a sua decisão de concorrer ao Senado. Arnon quer de volta a sua cadeira na Câmara dos Deputados. Só não disse se para ele próprio ou se tentará mais uma vez eleger o seu filho, Pedro Augusto Bezerra. Camilo disse que ajudará nesse projeto político de Arnon. Assim, em Juazeiro, a chapa Fernando e Arnon começa a ganhar corpo.

Oposição do Crato não faz o dever de casa

O trabalho dos partidos ligados à oposição do Crato está sendo muito criticado, após o resultado da formação das chapas para a disputa de vereador. Do trio que encabeça o movimento contra a base aliada, apenas o PSDB de Lucas Brasil conseguiu preencher as 20 vagas. O União Brasil, de Aloisio Brasil, ficou com 14 nomes e o PL, do ex-vereador Bebeto Anastácio, não passou de seis. Um resultado muito aquém das expectativas. Nas siglas da base ligada ao prefeito Zé Ailton, apenas o PMN teve 19 nomes. PT (federação), Agir, Avante, PP e PSB, preencheram todas as 20 vagas. No caso da base aliada, o prefeito Zé Ailton teve participação direta no excelente resultado da composição das chapas à Câmara de Vereadores. Na oposição, lideranças como os ex-prefeitos Ronaldo Mattos e Zé Adega minimizam o resultado ruim na conquista de candidaturas ao Poder Legislativo. Avaliam que na eleição podem surpreender com viradas. Sonho!

Zé Leite faz última tentativa para ser candidato

Com uma pesquisa debaixo do braço, onde garante estar bem colocado para a disputa deste ano, o ex-prefeito de Barbalha, Zé Leite, recorreu ao presidente estadual do PSB, Eudoro Santana, para se viabilizar pelo partido a sua candidatura. Zé Leite tem prestígio com Eudoro, por ter sido indicado por ele na primeira eleição que assumiu a Prefeitura. Eudoro levou o assunto ao ministro Camilo Santana, seu filho, que descartou qualquer possibilidade de dividir a base. Camilo disse que a escolha do candidato da base estava feita e que Zé Leite poderia esperar a próxima disputa, em 2028, quando terá todas as condições de ser novamente candidato a prefeito. Camilo disse, ainda, que toda a costura para a reeleição do prefeito Guilherme Saraivatinha sido feita pelo deputado Fernando Santana e que jamais passaria por cima dessas negociações já acertadas. Zé Leite terá que se contentar em assistir a disputa do camarote. Essa postura poderá cobrar o preço daqui a quatro anos. Afinal, sabe que na política precisa respeitar a fila e o direito agora é a reeleição do prefeito Guilherme Saraiva.

LINKS PATROCINADOS