Gestão Ivo descumpre Lei Orgânica de Sobral para inocentar comandante da Guarda

Prefeito de Sobral, Ivo Gomes

20/11/17 17:10

Como o Ceará News 7 havia previsto, a sindicância instaurada pela gestão Ivo Gomes (PDT) para apurar a denúncia contra o comandante da Guarda Municipal de Sobral, Paulo Adriano, acusado de usar o carro oficial da Secretaria de Segurança para fazer compras pessoais. A sindicância, composta por colegas da pasta da Segurança, onde o acusado exerce forte influência, descumpriu a Lei Orgânica do município para inocentar o comandante da Guarda em apenas quatro dias.

A Lei Orgânica de Sobral prevê, por exemplo, que os nomes dos membros da comissão que compõe a sindicância seja divulgado e que o denunciante seja ouvido, o que não aconteceu. Além disso, o texto prevê ainda uma série de medidas para garantir a apuração, que dificilmente seriam cumpridas em apenas quatro dias. A sindicância foi instaurada no último dia 8, com a publicação do relatório final no dia 12, inocentando o comandante.

Paulo Adriano foi flagrado usando o carro oficial da Secretaria de Segurança para fazer compras em supermercado de Sobral.

Confira as publicações no Diário Oficial de Sobral

Conclusão da sindicância

Instauração da Sindicância

Trecho que regulamenta a sindicância

LINKS PATROCINADOS