Sete dias por semana sem medo da notícia!
Funcionários fecham portões e cortam energia em greve na sede do Vasco da Gama
Funcionários estão há três meses sem salário
Foto: Reprodução / Globo Esporte
Ouça a matéria

Os funcionários do Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, fizeram uma greve na manhã de hoje. Os integrantes envolvidos na paralisação estão há três meses sem receber salários. O protesto foi feito na entrada da sede social do clube. Os portões foram fechados, e o fornecimento de energia desligado.

Os principais alvos da manifestação foram Roberto Monteiro e Julio Brant, os líderes dos grupos Identidade Vasco e Sempre Vasco. Eles fazem parte da oposição ao presidente Alexandre Campello.

Publicidade
Mais Lidas