sete dias sem medo da notícia
Crescimento
Fortaleza já é o município com maior PIB per capita do Nordeste
Segundo IBGE, Capital cearense está na lista de 10 municípios com maior PIB do Brasil
Por : Redação CN7
16/12/20 17:35

A cidade de Fortaleza tornou-se o município da Região Nordeste com o maior Produto Interno Bruto (PIB) conforme levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (16/12).

A Capital cearense superou a cidade de Salvador na tabela e subiu uma posição no ranking dos 10 municípios com maior PIB do Brasil, ocupando agora a 9ª posição.

O estudo foi realizado em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus. A população foi estimada por município com data de referência em 1º de julho de 2018, enviada ao Tribunal de Contas da União (TCU).

De acordo com os dados, Fortaleza tem participação de 1% no PIB brasileiro, ou seja, da soma de toda a riqueza produzida no País. O valor é equivalente a cerca de R$ 67,02 bilhões. A participação acumulada do município é de 25,9%.

Fortaleza faz parte, ainda, das 10 maiores concentrações urbanas brasileiras, lista que  compõe cerca de 42,5% do PIB, da qual também participam as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Campinas, Salvador/BA e Recife.

Para o prefeito Roberto Cláudio, os números divulgados são resultado do trabalho e do suor de cada fortalezense, da coragem empreendedora do empresariado e do conjunto de estímulos, incentivos e investimentos públicos diretos realizados na economia pela Prefeitura Municipal de Fortaleza e pelo Governo do Estado.

“As ações de desburocratização, o conjunto de iniciativas do Fortaleza Competitiva e, principalmente, o volume de investimentos públicos da Prefeitura e do Governo ao longo desses anos foram fundamentais para esse indicador histórico. Fortaleza é uma cidade que tem crescido demográfica e economicamente e tem se tornado cada vez mais relevante para a economia regional, nacional e mesmo para o cenário sócio-econômico da América do Sul”, destacou o gestor.

LINKS PATROCINADOS