sete dias sem medo da notícia
Ferroviário lança nota contra decisão da Confederação Brasileira de Futebol
Ferroviário e Floresta publicam notas contrárias à decisão da CBF.
Foto: Leo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Por : Victor Nogueira
10/09/20 17:01

O Ferroviário lançou uma nota em suas redes sociais na noite da última quarta-feira (9), demonstrando sua insatisfação com o ofício enviado à Federação Cearense de Futebol (FCF) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), solicitando a proibição de que clubes das Séries C e D mandem suas partidas na Arena Castelão. A justificativa da entidade seria o mau estado do gramado em jogos da Série A do Campeonato Brasileiro.

Na nota, o Ferroviário lamenta o a atitude da CBF e também exige respeito à história do clube. Ainda no comunicado, o Tubarão da Barra afirmou já ter enviado uma resposta à entidade máxima do futebol brasileiro alertando para o fato da escassez de praças esportivas disponíveis para mandar seus jogos. Os únicos aptos para sediar partidas oficiais, além da Arena Castelão, seriam o estádio Presidente Vargas, que está sendo utilizado como hospital para o combate da Covid-19 em Fortaleza e o Elzir Cabral que, segundo o clube, está passando por reformas elétricas.

Por fim, o clube coral fez questão de lembrar que utiliza a Arena Castelão durante, apenas, 180 minutos por mês e, portanto, não há grande desgaste no gramado.

Floresta também se manifesta

O Floresta também se manifestou nas redes sociais e se disse surpreso com a decisão da CBF de enviar um ofício à FCF. O verdão da Vila Manoel Sátiro, assim como o Ferroviário, fez questão de lembrar a indisponibilidade de praças esportivas em Fortaleza.

PUBLICIDADE
LEIA TAMBÉM