sete dias sem medo da notícia
Anotou a placa?
Ferroviário goleia o Paysandu por 5 a 1 na estreia de Anderson Batatais
O resultado mantém o Ferroviário na briga pela classificação na Série C
Edson Cariús comemora um dos gols na goleada por 5 a 1 diante do Paysandu. (Foto: Lenilson/FAC)
Por : Redação CN7
13/09/21 17:29

O Ferroviário atropelou o Paysandu por 5 a 1 nesta segunda-feira (13), na cidade Vozão, em Itaitinga. A partida marcou a reestreia do técnico Anderson Batatais sob o comando do time da Barra do Ceará. Os gols do tubarão foram marcados por Mauri, duas vezes, Edson Cariús, Vitão e Thiago Aperibé. Ruy, de pênalti, descontou para o papão da Curuzu. O resultado mantém o tricolor da barra vivo na briga pela classificação para o mata-mata da Série C.

Desde o início da partida, o Ferroviário dominou o Paysandu e deu demonstrações que continuava vivo na briga por uma das quatro vagas para a próxima fase da Série C, onde serão decididos os clubes que vão subir para a segunda divisão do futebol nacional. Aos 5 minutos de jogo, Mauri aproveitou a falha da zada do papão da Curuzu para abrir o placar. Aos 10, Emerson Souza lançou a bola para Edson Caríus, que ganhou do zagueiro Victor Sallinas e ampliou o marcador. A primeira chegada com perigo do adversário aconteceu somente aos 33 minutos de bola rolando, com o volante Marino, ex-Icasa e Ceará. No entanto, aos 41, Berguinho cruzou para Mauri, que subiu mais alto que a zaga adversária e cabeceou para fazer 3 a 0.

Na volta para a segunda etapa, o Paysandu tentou reagir e, aos 5 minutos, Leandro Silva recebeu falta dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Ruy diminuiu o prejuízo para o time paraense. O gol deu um ânimo para a equipe comandada por Roberto Fonseca e o papão chegou a ensaiar uma pressão. Mas, aos 24, o Ferroviário deu um “banho de água fria” no adversário quando Dioguinho cobrou escanteio e após bate-rebate, o zagueiro Vitão mandou a bola para o fundo das redes. O gol não diminuiu o ímpeto coral, que continuou em busca de aumentar a vantagem. E, de tanto insistir, conseguiu. Dioguinho fez uma boa jogada individual, driblou Ratinho, e cruzou para Thiago Aperibé fazer o quinto gol e dar números finais à partida.

LINKS PATROCINADOS