Sete dias por semana sem medo da notícia!
Falta de licença ambiental paralisa construção de usina em Barbalha

A falta de uma licença ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) motivou a interrupção da construção da usina de resíduos sólidos, em Barbalha.

A obra havia sido iniciada em janeiro, após o lançamento da pedra fundamental e apresentação do projeto, ocasião em que o prefeito Argemiro Sampaio prometeu o pleno funcionamento da usina até o final desse ano.

O secretário de Infraestrutura, Everardo Sampaio, admite que, sem a autorização do ICMBio, a obra não deveria ter sido iniciada.

“O lançamento da pedra fundamental foi um ato simbólico e não uma autorização para a abertura dos trabalhos. Mesmo assim, a empresa começou as obras e nós tivemos que intervir, solicitando a imediata interrupção, até a autorização ser liberada”, afirma, acrescentando que a celeridade para liberação da licença dependerá do esforço do consórcio responsável pela obra.

Leia a reportagem completa na edição desta semana do Jornal do Cariri:

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também