Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Ex-secretário e pré-candidato a vereador de Icó é morto a tiros em frigorífico

O crime foi registrado por câmeras de segurança do estabelecimento

(Foto: reprodução/WhatsApp)

09/05/24 15:07

O ex-secretário de Segurança Pública e Cidadania de Icó e atual pré-candidato a vereador, Sargento Geilson Lima, foi morto a tiros por dois criminosos armados, nesta quinta-feira (9), dentro de um frigorífico, no município. Câmeras de segurança do local filmaram toda ação criminosa. Ainda não se sabe o que motivou o crime.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Nas imagens, é possível ver quatro homens dentro do frigorífico, quando um dos criminosos entra no local segurando um balde e usando capacete e faz uma pergunta para um funcionário do estabelecimento. Poucos segundos depois, o criminoso sai, saca uma arma e atira contra a vítima em uma outra sala do frigorífico. O segundo criminoso, também usando capacete, aparece ao final da ação, vai até o compartimento onde a vítima está e efetua mais disparos. Em seguida, os dois saem correndo do local.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e Polícia Civil do Ceará (PC-CE) foram ao local do crime. As investigações ficarão a cargo da Delegacia Regional de Icó.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a vítima possuía antecedentes por três crimes de ameaça. Ainda de acordo com a SSPDS, o Sargento Geilson Lima havia sido afastado temporariamente do serviço militar por ter ultrapassado um ano contínuo de licença para tratamento de saúde própria.

Leia a nota completa:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e Polícia Militar do Ceará (PMCE) estão em diligências relacionadas a um homicídio doloso registrado, nesta quinta-feira (9), na cidade de Icó. A vítima, um policial militar de 49 anos, com antecedentes por três crimes de ameaça, foi morta com disparos de arma de fogo em um estabelecimento comercial no bairro Centro. A ocorrência segue em andamento. As investigações ficarão a cargo da Delegacia Regional de Icó.

A SSPDS pontua que o policial militar estava em situação funcional agregado, conforme o artigo 172. §1 III C, do Estatuto dos Militares Estaduais do Ceará. Nesta situação específica, prevista no mencionado artigo, o militar estadual foi afastado temporariamente do serviço ativo por ter ultrapassado um ano contínuo de licença para tratamento de saúde própria.

Assista ao vídeo da ação criminosa:

Ameaças de morte

Antes de ser morto, a vítima, o Sargento Geilson Lima, denunciou, por meio de vídeo publicado nas redes sociais, ter recebido ameaças de morte. Inclusive, chegou a registrar um Boletim de Ocorrência (BO) sobre as ameaças.

Assista ao vídeo:

LINKS PATROCINADOS