Eunício Oliveira não usa um centavo da cota parlamentar há seis anos

Eunício Oliveira

04/09/17 9:40

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), não usa um único centavo de sua cota parlamentar há seis anos – a economia gira em torno de R$ 5 milhões. O mesmo acontece com o senador Reguffe (Sem partido – DF).

Já Humberto Costa (PT-PE), na Câmara Alta, é aquele que custa mais caro ao contribuinte: R$ 675,4 mil apenas em 2017. Em segundo lugar está Randolfe Rodrigues (Rede-AP), com R$ 652, 7 mil entre salários, cota parlamentar e outros gastos.

Entre os que mais gasta está um cearense, em terceiro colocação, o senador José Pimentel (PT-CE), com R$ 627, 4 mil. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Entenda

Ainda de acordo com Cláudio Humberto, cada senador tem direito a várias regalias como a “cota parlamentar” de até R$ 45 mil por mês, para ressarcimento de qualquer despesa.

Humberto Costa recebeu oito salários e metade do 13º (R$ 287 mil), além de R$ 269,7 mil do cotão e R$ 118,7 mil de “outros gastos”.

Randolfe radicalizou no uso da cota parlamentar de R$ 342,8 mil , incluindo quase 50 viagens ao Rio, São Paulo e Minas.

LINKS PATROCINADOS