Entenda como vai funcionar a cláusula de desempenho aprovada em comissão da Câmara

24/08/17 9:36

A comissão especial da Câmara dos Deputados, que analisa a Reforma Política, aprovou nesta quarta-feira (23) o fim das coligações proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para os partidos brasileiros já a partir da próxima eleição.

Na prática, a nova cláusula pode reduzir o número de legendas, e barra o acesso das siglas de menor expressão a recursos do Fundo Partidário e ao tempo de TV e rádio, que hoje ficam disponíveis para todos os partidos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Vem abaixo gráfico publicado na edição de hoje do Estado de S. Paulo:

Em outro gráfico, o jornal O Globo explica como o atual sistema eleitoral funciona:

LINKS PATROCINADOS