Sete dias por semana sem medo da notícia!
Encontrado em Aquiraz o corpo da modelo que estava desaparecida há cinco dias
Mulher foi achada na CE-040, com sinais de estrangulamento. O marido dela é suspeito
Lucilene foi vista viva, pela última vez, na terça, na Serrinha

A Polícia abriu inquérito para investigar a morte de uma modelo cearense. O corpo da mulher foi encontrado na manhã deste sábado (19), em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A vítima do assassinato, identificada como Maria Lucilene da Silva Monteiro, 38 anos, havia desaparecido na última terça-feira (15) e hoje foi encontrada com sinais de estrangulamento, conforme atestou o exame preliminar em local de crime pela Perícia Forense.

O cadáver da modelo foi localizado na comunidade Loteamento Novo Aquiraz, nas margens da rodovia estadual CE-040. A Polícia informa já ter dois suspeitos de envolvimento no crime. Um deles é o próprio marido da modelo, identificado como Antônio Vanderlei Ferreira Lima; além de um amigo dele. Os dois já se encontram detidos em uma cela do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Bairro de Fátima, nesta Capital.

De acordo com as informações colhidas pela Polícia Civil, Maria Lucilene foi vista com vida pela última vez na terça-feira, no bairro Serrinha, na zona Sul da Capital.  A mulher sofria violência por parte do marido, conforme o relato de membros de sua família.

Cadáver

O corpo foi encontrado já em adiantado estado de putrefação. A mulher pode ter sido morta ainda na terça-feira, isto é, há mais de 72 horas.  Para as autoridades, uma das hipóteses mais fortes na investigação é de que a dupla tenha atraído a modelo para um encontro e esta acabou sendo estrangulada e morta dentro de um veículo, sendo o cadáver ocultado nas margens da rodovia estadual. A Polícia trata o caso, a princípio, como um feminicídio.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também