Empresa que coletava lixo em Iguatu é acusada de não pagar salários

Prefeitura rompeu contrato com a empresa na última semana

(Foto: reprodução/vídeo)

16/10/23 14:58

A empresa Braserv, que era responsável pela limpeza urbana de Iguatu, é acusada pelos funcionários de não pagar os salários. Na última semana, a Prefeitura Municipal rompeu o contrato com a empresa e agora busca uma solução com o Ministério Público (MP) do Trabalho para quitar os salários atrasados da companhia.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

Além dos salários atrasados, a empresa é acusada de dever cesta básica, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Revoltados com a situação, os funcionários da Braserv atiraram latas de lixo em uma rua do município.

“Tudo atrasado. Nosso vale alimentação, férias, cesta básica e, agora, para finalizar, o pagamento do nosso salário que já trabalhamos”, reclamou um dos funcionários.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Além dos atrasos nos direitos trabalhistas, a rescisão contratual foi motivada após reclamações da população sobre o serviço prestado pela empresa.

Assista ao vídeo:

LINKS PATROCINADOS