sete dias sem medo da notícia
Empresa MXM deixa viúvas chorosas
Por : Redação CN7
13/07/21 9:45

Nos últimos dias, a pergunta que se faz em Juazeiro do Norte é: a quem interessava o contrato de R$ 4,5 milhões da MXM? Os mesmos veículos que disseminaram fake news sobre o pedido do TCE, questionaram a redução do contrato, que agora é de R$ 2,4 milhões.

Tentam atingir a nova empresa com base em suposta inexperiência no serviço, ao mesmo tempo que não comentaram o péssimo desempenho oferecido pela MXM na coleta de lixo de Juazeiro. Também omitiram de destacar que a MXM foi criada às vésperas de ganhar o contrato em 2017 e tem fortes vínculos com grupos que atuam, hoje, em outras prefeituras do Ceará, que são investigadas por ligações com organizações criminosas.

Todos esses detalhes sobre a MXM, que é candidata a ganhar a licitação de Paracuru, foram deliberadamente deixados de lado. Entre os promotores do Ministério Público, uma certeza: era muito dinheiro público para pouco serviço. O fato incontestável: as viúvas da MXM estão sendo identificadas pelo MP juazeirense e essa turma logo terá de dar explicações, pois a empresa terá muitos problemas pela frente para resolver.

LINKS PATROCINADOS