Sete dias por semana sem medo da notícia!
Empossado ontem, Bolsonaro deve demitir novo presidente do BNB
Alexandre Borges Cabral
Ouça a matéria

O presidente Jair Bolsonaro deve demitir o novo presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Alexandre Cabral.

Informação foi divulgada hoje (3) pelo jornal O Estado de São Paulo.

Em tempo

Alexandre Cabral tomou posse ontem (2).

Em tempo II

Indicado pelo Centrão, ele é alvo de uma apuração conduzida pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre suspeitas de irregularidades em contratações feitas pela Casa da Moeda durante sua gestão à frente da estatal, em 2018. O prejuízo é estimado em R$ 2,2 bilhões.

Em tempo III

Ao Estadão, Alexandre Cabral negou qualquer ilegalidade e disse esperar que o TCU reconheça isso. O presidente do BNB garante que não houve sobrepreço em um contrato apontado como suspeito por auditores do TCU, uma vez que os preços fixados teriam seguido a lei.

Sobre a contratação de empresa investigada, afirmou que ainda não houve a declaração de inidoneidade e, por isso, não faria sentido interromper a execução do serviço que já vinha sendo feita desde gestões anteriores. Além disso, afirmou que a exigência de estudos comparativos para firmar parcerias – que teria sido ignorada de acordo com auditores do TCU – não está prevista na Lei das Estatais.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também