sete dias sem medo da notícia
Bolsa estupro
Eduardo Girão quer que mulheres estupradas não abortem
Senador cearense está sendo alvo de críticas por propor esse tipo de projeto
Eduardo Girão
Por : Redação CN7
25/03/21 12:35

O projeto de lei para a criação do “Estatuto da Gestante” que está em tramitação no Senado, de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos-CE), quer incentivar as vítimas de estupro a não abortarem mediante pagamento de auxílio financeiro.

A ideia de Girão é que a vítima seja assistida por um programa de “suporte subsidiário que assegure o nascimento da criança concebida” — ou seja, que a mulher receba dinheiro do Estado para manter a criança que nascer em decorrência de um estupro.

Por esse motivo, a proposta, amplamente repudiada por entidades de defesa dos direitos da mulher, ativistas e advogadas, está sendo chamada nas redes sociais de “bolsa estupro” — o termo inclusive ganhou uma hashtag.

Com informações do UOL

LINKS PATROCINADOS