Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Ednaldo determina demissão de terceirizados e redução nos contratos de Iguatu

Determinações foram publicadas por meio de decreto

Ednaldo Lavor

15/01/24 16:41

O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor (PSD), determinou, por meio de decreto, a demissão de todos os terceirizados do município, redução de 25% nos contratos administrativos, corte nos auxílios de combustíveis, entre outras medidas. As ações, de acordo com o gestor, foram tomadas para contenção de despesas.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

O decreto ocorre após o atraso no salário dos servidores municipal. As medidas de contenção de despesas foram publicadas na última sexta-feira (12), mesmo dia em que o prefeito Ednaldo Lavor efetuou o pagamento dos salários atrasados dos servidores de Iguatu, que, por sua vez, chegaram a agendar uma paralisação geral.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Ednaldo Lavor reassumiu o comando da Prefeitura de Iguatu, após determinação do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes. O ministro marcou para a primeira semana de fevereiro, o julgamento de Ednaldo Lavor. Atualmente, Ednaldo possui o apoio de dois ministros para sua continuidade à frente do Executivo – Alexandre de Moraes e Carmen Lúcia – e um voto pela cassação – Kassio Nunes Marques.

Confira o decreto:

LINKS PATROCINADOS