sete dias sem medo da notícia
Duas tentativas de chacinas deixam seis mortos em 24 horas na Grande Fortaleza
Os dois casos ocorreram em Guaiúba e Pacajus, entre a madrugada e a noite de ontem
Jaiano, Reginaldo e Fernando foram mortos, na noite de ontem, em Pacajus
Por: admin
16/09/20 8:35

Seis pessoas acabaram sendo assassinadas em duas tentativas de chacinas na Grande Fortaleza nas últimas 24 horas. Três homens foram mortos, a tiros, na noite desta terça-feira (15) no Município de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). As vítimas estavam na calçada de uma residência quando foram atingidas por tiros de  espingarda de calibre 12 (escopetas) disparados por desconhecidos. O primeiro caso ocorreu ainda na madrugada de ontem, no Município de Guaiúba.

De acordo com as primeiras informações da Polícia em Pacajus, os três homens mortos na noite passada conversavam na calçada da casa de um deles, no Distrito de Tucum, quando surgiram os criminosos em um veículo. Logo eles desembarcaram com armas em punho e começaram a atirar, matando na calçada dois homens. O terceiro ainda tentou fugir, mas caiu morto dentro de casa.

Os três mortos em Pacajus foram identificados pela Polícia Militar como sendo Francisco Reginaldo  Cavalcante, Antônio Fernando Filho e Jaiano Ferreira Félix. As autoridades não informaram se eles tinham envolvimento com crimes.

Outro caso

No começo da madrugada de ontem, três pessoas foram mortas, a tiros, dentro de uma residência localizada na Rua Beira-Rio, no Distrito de Água Verde, do Município de Guaiúba, na RMF. O motivo do crime teria sido uma disputa de território entre criminosos ligados à facções, segundo as autoridades da Segurança Pública.

Quando a Polícia chegou ao local encontrou dois corpos e uma cabeça. O restante do terceiro cadáver não foi ainda encontrado.

Um dos mortos foi identificado pela PM como sendo Francisco Everton da Costa Barbosa, 18 anos, que não possuía antecedentes criminais.  Os outros dois, entre eles, o decapitado, não tiveram seus nomes revelados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
LEIA TAMBÉM