Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Duas pessoas são mortas por disparos de arma de fogo em Iguatu

Idosa de 64 anos é uma das vítimas

Counter Terrorist with Gun. Shallow Depth of Field Firearm Closeup Photo. Special Forces Theme. (Foto: banco de imagens)

09/03/24 12:02

Três pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo em uma via pública do bairro João Paulo II, no município de Iguatu. Das três vítimas, duas foram a óbito. Um homem, de 20 anos, que morreu ainda no local, e uma idosa de 64 anos, que faleceu no hospital. O crime foi registrado na noite dessa sexta-feira (8).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Segundo informações da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), três pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo: um homem de 20 anos; uma idosa, de 64 anos; e um homem, de 18 anos. O primeiro, morreu ainda no local do crime. Os dois últimos foram conduzidos até uma unidade hospitalar do município, onde a idosa foi a óbito.

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para o local e colheram informações que subsidiarão as investigações.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

O caso está sendo investigado pela Delegacia Regional de Iguatu, unidade da PC-CE da região, que busca identificar e prender os suspeitos da ação criminosa.

Leia a nota completa da SSPDS:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) apura as circunstâncias de um duplo homicídio, registrado na noite dessa sexta-feira (08), em Iguatu. Três pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo em uma via pública do bairro João Paulo II. Um homem, de 20 anos, foi a óbito no local. Uma idosa, de 64 anos, e um homem, de 18 anos, foram conduzidos até uma unidade hospitalar, onde a idosa foi a óbito. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram acionadas para o local e colheram informações que subsidiarão as investigações. O caso é investigado pela Delegacia Regional de Iguatu, unidade da PC-CE da região que realiza diligências com o intuito de identificar e prender os suspeitos da ação criminosa.

LINKS PATROCINADOS