sete dias sem medo da notícia
Confusão
Diretor petista do Banco do Nordeste ligado aos chineses enfurece Planalto
Haroldo Maia Jr está alinhado com o deputado federal José Guimarães (PT-CE)
Por : Redação CN7
06/09/21 10:18

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está há seis dias sem um novo presidente. O Planalto não quer conceder 4º mandato para o atual presidente Romildo Rolim, que insiste em ficar na cadeira. O problema é que a lei das estatais proíbe. Mesmo sendo ilegal, o parecer da Procuradoria do BNB apoia a recondução de Rolim.

Ministério da Economia desconsidera essa pressão de Romildo. E começou a nomear nova diretoria. Foram reconduzidos quatro diretores: Anderson Possa, Haroldo Maia Jr., Bruno Pena e Tiago Alves.

Em tempo

O diretor Cornélio Pimentel não será reconduzido, o substituto é Henrique Tinoco (indicação do PRB-CE).

Em tempo II

Tiago Alves continuará diretor de Ativos de Terceiros, apesar de não direito a voto na diretoria. Assim, só falta ser reconduzido o diretor financeiro, Hailton Fortes.

Em tempo III

O diretor de Administração, Haroldo Maia Jr., foi reconduzido apesar da Economia o considerar um “petista infiltrado” na diretoria do BNB. Haroldo defende a Huwei, que controla a TI no BNB.

Essa influência da China no BNB enfurece o Planalto. Haroldo é alinhado com deputado federal José Guimarães (PT-CE) e barra a retirada da ONG petista INEC do banco, como deseja o ministro Paulo Guedes, por determinação do presidente Bolsonaro.

LINKS PATROCINADOS