Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Diretor-Geral da PF anuncia acordo com Governo Federal para reestruturação salarial

Acordos estabelecem reestruturações remuneratórias para seis carreiras

(Foto: reprodução/vídeo)

29/12/23 16:03

O Diretor-Geral da Polícia Federal (PF), Andrei Augusto Passos Rodrigues, anunciou um acordo com o Governo Federal, por meio do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), para reestruturação remuneratória das carreiras. Nos acordos, foram contempladas as carreiras de Delegado da Polícia Federal e de Perito Criminal Federal; de Agente, Escrivão e Papiloscopista da Polícia Federal; e de Policial Rodoviário Federal.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Os acordos estabelecem reestruturações remuneratórias para as seis carreiras de Segurança Pública em três parcelas: agosto de 2024, maio de 2025 e em maio de 2026. Os acordos foram aprovados, seja por unanimidade ou por maioria, em votações nas entidades sindicais.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Com a mudança, o salário inicial do delegado e perito da PF será de R$ 28.149,35 – a partir de maio de 2026. Ao final da carreira, o salário poderá ultrapassar R$ 41 mil. No caso das carreiras de agente, escrivão e papiloscopista, o salário inicial do servidor será de R$ 14.877,98 – partir de maio de 2026. Ao final da carreira, o salário poderá atingir mais de R$ 25 mil.

“Seguiremos firmes na busca pelas melhores condições para todo o nosso efetivo”, afirmou Andrei Augusto.

Assista ao vídeo completo:

LINKS PATROCINADOS