Sete dias por semana sem medo da notícia!
Denúncias de irregularidades eleitorais durante a pandemia atinge 20 municípios cearenses
Ouça a matéria

O Ministério Público do Ceará (MPCE) investiga denúncias de irregularidades relacionadas às eleições em 20 municípios cearenses. De acordo com balanço do Centro de Apoio Operacional da Defesa do Patrimônio Públicao e da Moralidade Administrativa (CAODPP), a maioria trata de propaganda eleitoral antecipada ou do uso de publicidade institucional para promoção pessoal de gestores públicos, utilizando a distribuição de benefícios sociais durante a pandemia.

Até a última segunda-feira (20), foram instaurados 67 novos procedimentos administrativos para investigar o dinheiro público investido na prevenção e combate ao Coronavírus, totalizando 571 investigações desde o início da pandemia. Deste total, 12 são procedimentos que apuram denúncias eleitorais nas cidades abaixo:

Acopiara, Aracati, Banabuiu, Beberibe, Catarina, Cedro, Choró, Forquilha, Fortim, Ibaretama, Icapuí, Icó, Ipu, Milagres, Orós, Pires Ferreira, Quixadá, Quixelô, Sobral e Umari.

Confira aqui a relação com todos os procedimentos.

O coordenador do CAODPP, promotor de Justiça Elder Ximenes, destaca que as investigações têm ocorrido com toda a responsabilidade e obedecendo os princípios constitucionais e processuais:

Promotor de Justiça Elder Ximenes

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também